Você está aqui
Home > Apresentação > 2018 Aston Martin Vantage: Shaken… And Stirred!

2018 Aston Martin Vantage: Shaken… And Stirred!

 

A Aston Martin apresentou ontem em Londres a nova geração de um dos seus mais sublimes modelos, o Vantage. A nova proposta do construtor mantém semelhanças com a geração anterior na silhueta, mas rompe completamente com todo o estilo do modelo ainda em atividade, apresentando um novo design e, mais que isso, toda uma nova linha de estilo. Com esta nova atitude, até James Bond terá que rever a forma do seu famoso pedido de bebida. Agora terá que ser, “Shaken… and stirred”.

Foi isso mesmo que os departamentos de design e técnico da marca, em Graydon, fizeram para esta nova proposta, que exibe o ADN do construtor, mas redimensiona-o, para o futuro. Essencialmente, as linhas do novo Vantage são por demais agressivas. Traços fortes, angulosos e rasgados, que fazem com que o modelo se destaque ainda mais, conseguindo ser extremamente elegante, ainda que estrondosamente atlético. Mesmo com todos estes atributos, as linhas do novo Vantage conseguem ser vincadamente minimalistas, pela fluidez e limpeza de cada traço.

Para a nova geração, a aerodinâmica está muito trabalhada, assumindo agora uma posição fulcral em todo o exercício de desempenho deste novo Aston Martin. O Vantage inclui um novo difusor (spoiler) dianteiro, que direciona o fluxo de ar para debaixo do carro, o que também ajuda à refrigeração e a um maior apuro do trabalho do difusor traseiro. O seu design permite ainda a criação de uma área de ar de baixa pressão, que previne a turbulência gerada pelas rodas traseiras, ao intervir sobre o fluxo de ar que se gera no centro da área posterior do automóvel. Também através das entradas de ar laterais e do desenho aerodinâmico da parte inferior lateral da carroçaria, juntamente com o apurado desenho na traseira – com a parte inferior a funcionar quase que como um fundo plano – ganha ainda mais evidência o efeito de downforce proporcionado pelo novo Vantage.

Também no interior, a nova geração Vantage rompe com toda a tradição de desenho do ‘cockpit’ dos modelos da Aston Martin que, convenhamos, já necessitava atualização. O novo cockpit está bem mais agressivo, muito ao estilo competição, só que com classe. Desfruta de uma inteligente colocação da instrumentação e de todos os controlos, que se querem rapidamente identificáveis e acessíveis para o condutor. Comparativamente com a anterior geração, o condutor do novo Vantage está mais baixo, o que já de si é melhor, pois reduz o centro de gravidade e, com ele, aumenta a performance e o feeling de quem está ao volante. Para além disso, um posicionamento mais baixo traz ganhos em habitabilidade, como por exemplo, no espaço para a cabeça e conforto geral. A instrumentação, como referido, está mais intuitiva, com zonas mais definidas para a colocação de comandos e com os botões da transmissão PRND numa formação triangular. E com toda esta redimensão do espaço, ganhou-se ainda nos compartimentos de arrumação, mais e maiores, para aquela pouca bagagem que neste carro se torna um ‘luxo’ desnecessário.

2018_Aston_Martin_Vantage_1
2018_Aston_Martin_Vantage_2
2018_Aston_Martin_Vantage_7
2018_Aston_Martin_Vantage_9
2018_Aston_Martin_Vantage_6
2018_Aston_Martin_Vantage_5
2018_Aston_Martin_Vantage_4
2018_Aston_Martin_Vantage_8

Para ‘dar vida’ ao novo Vantage, a Aston Martin optou por um motor que é mais potente. Trata-se de um 4.0 V8, twin-turbo, com 510 cv (375 kW) às 6000 rpm e com um binário de 685 Nm entre as 2000 e as 5000 rpm. Colocado mas atrás, na comparação com a versão anterior, este motor assegura ótimo centro de gravidade e uma notável distribuição de peso de 50:50. Com um peso neto de 1.350 kg, o novo Vantage chega dos 0 aos 100 km/h em 3.6 segundos e aos 314 km/h. Os consumos, nada relevantes para o cliente este exclusivo desportivo, estão na média dos 10,5 litros por cada 100 km, com 26.8 mpg de emissões de CO².

Ainda no que toca a equipamento para um melhor desempenho aos comandos deste novo ‘atleta’ da Aston Martin, os pneus são Pirelli PZero, desenvolvidos especificamente para o novo coupé e contam com a mais recente geração do Adaptive Damping System, que já inclui tecnologia Skyhook e utiliza os modos Sport, Sport Plus e Track.

A transmissão integra-se na perfeição com o motor e inclui; diferencial eletrónico, Vectorização Dinâmica do Torque, Controlo Dinâmico de Estabilidade, assim como sistemas de direção assistida elétrica e amortecimento adaptativo. Também para uma eficaz e confortável utilização do condutor e vida ativa a bordo, o novo Vantage dispõe de sistema de start/stop sem chave, monitorização da pressão dos pneus, sensores de estacionamento à frente e atrás com camara traseira, Park Assist, sistema In Car Entertainment com écran de LCD de 8″, Aston Martin Audio System Bluetooth com phone streaming, iPod, iPhone, ligação USB e sistema integrado de navegação.

Custa, sem impostos, tendo como base o preço para a Alemanha, €154.000.

Fotos: Aston Martin

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top