Dries Vanthoor/Will Stevens

O Belgian Audi Club Team WRT assegurou ontem a pole position para as duas corridas da Sprint Cup, em Brands Hatch, local escolhido para a 2ª etapa do campeonato. Após a semana passada ter vencido a etapa inaugural da Endurance Cup, em Monza, tornou novamente a ser um carro da equipa belga, o #2 Audi R8 LMS de Dries Vanthoor/Will Stevens, a estabelecer o melhor tempo (1m23.931s).

“Neste momento, estou apenas a tentar dar o meu melhor”, disse Dries Vanthoor. “Procuraremos ter um bom desempenho na corrida 1 e trazê-lo na posição em vamos iniciar a prova. O nosso lugar para a corrida 2 não é famoso (14º), pelo que teremos que dar o nosso melhor e ver o que acontece”.

Frederic Vervisch/Stuart Leonard

A pole position para a segunda corrida do programa de hoje foi obtida por outro Audi R8 LMS da equipa belga, desta feita o #17 de Frederic Vervisch/Stuart Leonard, que efetuaram a melhor volta em 1m23.460s.

“Este é o meu primeiro evento do ano na Blancpain GT Series e estou na pole, por isso extremamente feliz”, disse Frederic Vervisch. “Tudo correu bem. A Audi tem estado forte nesta pista nos últimos anos, mas não é um traçado simples. A WRT é muito forte no que diz respeito à estratégia de corrida, por isso espero que possamos terminar onde começámos“.

Mercedes Sai à Frente na Silver Cup

Nico Bastian/Jack Manchester

Na Silver Cup, coube ao #90 Mercedes AMG GT3 da AKKA ASP Team assegurar o melhor tempo para ambas as corridas. A melhor volta do carro de Nico Bastian/Jack Manchester foi obtida no Qualifying para a Corrida 1, com um tempo de 1m24.438s.

“Estava em 3º após utilizar o primeiro jogo de pneus, mas após o novo jogo apanhei muito tráfego na pista”, disse Nico Bastian. “Ao consultar o meu tempo delta, facilmente poderia ter sido P2 ou P3. Mas estou contente com o P1 na Silver Cup”.

Numa prova em que não há pilotos portugueses a participar, convém destacar o 2º melhor tempo para a Corrida 1 na Silver Cup do #37 3Y Technology BMW M6 GT3 do brasileiro Lukas Moraes, que faz equipa com Andrew Watson. Esta dupla foi ainda a 3ª mais rápida para a Corrida 2.

Ferrari e Audi na Luta pela Pro-Am Cup

Na Pro-Am Cup, a hegemonia no Qualifying foi dividida por carros da Ferrari e Audi. No Qualifying para a 1ª corrida, coube ao #39 TP 12 – Kessel Racing Ferrari 488 GT3 de Piti Bhirombhakdi/Carlo Van Dam assegurar o melhor tempo, com a volta em 1m26.257.

No entanto, impressionante seria a prestação do #26 Sainteloc Racing Audi R8 LMS de Markus Winkelhock/Nils Stievenart, que não só assegurou o melhor tempo para a Corrida 2, como com a volta em 1m23.927s, ainda conseguiu o 7º melhor tempo absoluto.

Markus Winkelhock/Nils Stievenart

“Este resultado é bom, mas poderia ter sido melhor” , disse Markus Winkelhock. “Não estive no meu melhor em todos os setores e há algumas décimas a ganhar, pelo que vamos ter que aproveitar melhor o carro. Ainda assim, não acho que seja mau sair de P7 para a corrida 1. Estamos no grupo da frente e tudo pode acontecer”.

Texto: Jorge Cabrita Fotos: Blancpain GT Series