O fim de semana de Rockingham do MSA British Touring Car Championship (BTCC) produziu três vencedores em outras tantas corridas. Aquela que é uma das competições mais renhidas e espetaculares do automobilismo na Europa, encantou os largos milhares de espectadores que encheram as bancadas do traçado de Northamptonshire.

Adam Morgan Vence Com o Mercedes Classe A

“Vencer traz sempre um sentimento fantástico”, disse Adam Morgan. “Este é um excelente início de dia, muito obrigado à Cicely Motorsports e à Mac Tools. Possivelmente, ainda haverá mais para festejar. Para esta corrida, o objetivo era sair bem e chegar á frente à curva 1. Com esse objetivo atingido, tentei ser cuidadoso com os travões e a tocar os corretores (zebras), especialmente quando veio a chuva. Tentei controloar o andamento de quem me seguia, especialmente o Tom Chilton. No final, com a pista seca, vi o ‘Ash’ chegar, mas mantive-me calmo”.

Adam Morgan saiu da pole position com o Mercedes Classe A da Cicely Motorsports with Mac Tools e chegou na frente à curva 1, enquanto atrás de si Dan Cammish espalhava a confusão na tentativa frustrada de ultrapassar Sam Tordoff. Enquanto o piloto do Halfords Yuasa Racing Honda Civic sobrevivia ao seu ‘desvario’, Tordoff perdia o controlo do Team GardX Racing with Motorbase Ford Focus e entrava em pião, ficando imobilizado no meio da pista, gerando o caos.

Com este incidente, que afetou vários carros, Adam Morgan abriu distância para se manter a coberto de qualquer ataque e vencer. Atrás do piloto do Mercedes Classe A, a 3.017s, chegou o campeão em título, Ashley Sutton, no Subaru Levorg GT da Adrian Flux Racing. Sutton fez uma corrida de trás para a frente, ocupando a 4ª posição, superando Dan Cammish e depois, numa manobra espetacular, retirando o 2º lugar a Tom Chilton, que acabaria por ser 3º, no Shredded Wheat Racing with Gallagher Ford Focus.

Chris Smiley, no ‘velhinho’ Honda Civic da BTC Norlic Racing e Dan Cammish no Honda Civic da Halford Yuasa Racing, completaram o top cinco.

‘Ash’ Sutton Vence Corrida 2

“Foi como reviver a corrida 2 de Snetterton”, disse Ash Sutton. “Fizemos a escolha de pneus mais correta, em cima da hora, substituindo os de chuva por slicks, frios. Todos tivemos pouco tempo para os aquecer. Está tudo a correr mais ou menos como o ano passado e para já não vai mal a época. O pessoal da Adrian Flux Racing tem feito um excelente trabalho”.

Saindo ao lado de Adam Morgan, que vencera a corrida anterior, Sutton impôs o Subaru Levorg GT à entrada da curva 1, assumindo desde aí a liderança. Com um ritmo forte, manteve-se a coberto de qualquer ataque de Morgan, que nunca perdeu o contacto com o Subaru mas nunca teve perto para atacar com o Mercedes. No final, Ash Sutton venceu com 4.426s de vantagem sobre Adam Morgan.

O derradeiro lugar do pódio viria a ser ocupado por Tom Ingram, que no Toyota Avensis da Speedworks Motorsport acabopu por aproveitar o erro cometido nas últimas voltas por Senna Proctor, quando este momentaneamente saiu para a escapatória, no Vauxall Astra da Power Maxed TAG Racing.

Senna Proctor concluiu em 4º, na frente de Colin Turkington, no BMW Série 1 do Team BMW.

Chris Smiley Vence a Derradeira Corrida em Rockingham

“Vocês não têm ideia do que eu passei para obter esta vitória”, disse Chris Smiley. “Fui ao inferno e voltei. Não tenho palavras para agradecer ao Bert Taylor, Stephen Symington e Richard Irwin, por tudo o que fizeram por mim. Eles colocaram-me aqui e tiveram fé em mim, pelo que esta vitória é para eles. Esta é a primeira vez que estou no topo de um treino, qualificação ou corrida e mal posso acreditar. Estou imensamente grato à equipa e a todos quantos trabalharam para isto, assim como aos meus sponsors. Mais logo, talvez me divirta um pouco”.

A derradeira corrida de Rockingham foi dramática e constituiu o 12º vencedor diferente no campeonato. Desde logo, na volta de aquecimento, tudo se atrasou por problemas no BMW Série 1 de Ricky Collard. Depois, veio a chuva no momento da partida, que de imediato produziu uma vítima, Tom Chilton, que saindo da pole ficou parado na curva 1 após perder o controlo do Ford Focus.

Nesta altura, já Chris Smiley liderava, seguido de Matt Simpson e de Colin Turkington no BMW Série 1 do Team BMW.

Para Chris Smiley não houve contestação e o piloto levou o Honda Civic da geração anterior à vitória. Colin Turkington superou Matt Simpson nas derradeiras voltas para subir ao degrau intermédio do pódio. Mas, para Matt Simpson foi uma ‘batalha’ assegurar a 3ª posição no Honda Civic (também da geração anterior) inscrito pela Simpson Racing. O piloto do #303 Honda Civic teve que se defender com tudo dos ataques finais de Sam Tordoff no Ford Focus e Tom ingram no Toyota Avensis, que acabaram por ficar em 4º e 5º.

Após a 9ª das 11 etapas do campeonato, ColinTurkington segue líder com 220 pontos, seguido de Tom Ingram (216) e Ashley Sutton (188). Nos pilotos Independentes, Tom Ingram lidera com 278 pontos. Com 298 pontos, Dan Cammish segue primeiro no Jack Sears Trophy. Entre as Equipas, lidera o Team BMW com 300 pontos, seguido da Halfords Yuasa Racing (298) e da Power Maxed TAG Racing com 291. Nos Construtores lidera a BMW com 581 pontos, enquanto que nas equipas independentes é a Speedworks Motorsports que segue líder (284 pontos).

A próxima etapa do campeonato, a penúltima, corre-se em Silverstone, a 15 e 16 de Setembro.

Texto: Jorge Cabrita  Fotos: BTCC Media