Com a forte chuva que se abateu sobre os céus de Knockhill a determinar sortes a azares vários no pelotão de 31 carros em pista, decorreu no espetacular traçado escocês a 9ª e antepenúltima etapa do MSA British Touring Car Championship (BTCC).

As corridas por terras do whiskey produziram três vencedores diferentes, dois deles a estrearem-se no lote dos que subiram ao degrau mais alto do pódio em 2018, estabelecendo um novo record no campeonato, com 14 vencedores diferentes em 27 corridas.

‘Ash’ Sutton Vence Corrida 1

O primeiro vencedor do dia de ontem em Knockhill foi o campeão em título, ‘Ash’ Sutton, no Subaru Levorg GT da Adrian Flux Subaru Racing & Autoglym. Saindo da 8ª posição para a primeira corrida, Sutton foi subindo na tabela, tirando partido das ocorrências da prova, incluindo o acidente que envolveu os BMW de Stephen Jelley (Team Parker Racing) e Colin Turkington (Team BMW), que atirou o carro de Jelley para a gravilha, afastando-o de um pódio praticamente certo.

Perto do fim da prova, Sutton superou Cammish, para vencer na frente de Colin Turkington, já que o piloto do BMW 125i M Sport do Team BMW também se sobrepôs ao jovem talento do Honda Civic inscrito pela Halfords Yuasa Racing.

“Sempre andei bem na chuva”, disse Ashley Sutton. “Quando corria pela MG nem sempre ia bem, mas o pessoal da Adrian Flux Subaru Racing fez um excelente trabalho comigo. Não esperava que as coisas corressem tão bem aqui, mas a corrida tinha muitas voltas. Apenas me preocupei em encontrar o ritmo certo e a partir daí ver onde conseguia chegar. Tive que correr alguns riscos para me chegar ao Colin Turkington e ao Tom Ingram, mas esses riscos acabaram por compensar na corrida”.

Andrew Jordan foi 4º no BMW 125i M Sport da BMW Pirtek Racing, seguido de Josh Cook no Vauxhall Astra da Power Maxed TAG Racing.

Andrew Jordan Leva BMW à Vitória na Corrida 2

A Corrida 2 foi recheada de incidentes, já que as condições atmosféricas pioraram. Ashley Sutton saiu em primeiro, liderou e venceu a prova que foi dada como terminada à 20ª volta, em virtude do acidente de Sam Smelt, que deixou o Audi A3 da AMD With Cobra Exhausts em muito má posição.

No entanto, tanto Ashley Sutton como Tom Ingram, o 3º classificado na pista com o Toyota Avensis da Speedworks Motorsport, acabariam por ser desclassificados, por irregularidades detetadas nos carros durante a verificação técnica pós-corrida.

Assim sendo, quem herdou a vitória foi Andrew Jordan, que havia sido 2º na corrida, com o BMW 125i M Sport da BMW Pirtek Racing.

“Isto hoje estava mesmo molhado”, disse Andrew Jordan. “A pista estava super escorregadia e eu provavelmente destruí os pneus de trás, o que me deixou em posição de não conseguir atacar o Ash. Depois do fim de semana difícil que tive em Rockingham não me desmoralizei, pois já aqui ando há algum tempo e sei que o importante é continuar a trabalhar, Sabia que o meu dia acabaria por chegar”, referiu Jordan que teve nesta corrida a sua estreia entre vencedores este ano.

Mediante as incidências que retiraram da classificação os 1º e 3º em pista, acabou por ser Josh Cook o 2º classificado, no Vauxhall Astra da Power Maxed TAG Racing, na frente de Dan Cammish, no Honda Civic da Halfords Yuasa Racing.

Colin Turkington no BMW 125i M Sport do Team BMW e Adam Morgan no Mercedes Classe A da Cicely Motorsport, fecharam o top cinco.

Tom Chilton Vence Corrida 3

A derradeira corrida do programa trouxe um novo vencedor ao campeonato. Tom Chilton venceu e convenceu em Knockhill. Liderando do princípio ao fim, apenas nas últimas voltas teve que se defender dos ataques de Colin Turkington, que levou o BMW 125i do Team BMW ao 2º lugar.

“Estou tão feliz por todos na equipa”, disse Tom Chilton. “Eles têm trabalhado muito e finalmente chegou o prémio. É o nosso quinto pódio este ano e só estava mesmo a faltar a vitória, que agora chegou. Adoro correr nestas condições, quando está cinzento e escorregadio e sou um apaixonado por Knockhill. Vencer novamente aqui é fantástico. Estou muito feliz. Parece uma tolice, pois os pontos é que contam mas vencer é algo muito especial e é para isso que competimos, para estes momentos altos”.

Andrew Jordan completou o pódio, confirmando o excelente fim de semana aos comandos do BMW 125i da BMW Pirtek Racing.

Adam Morgan no Mercedes Classe A da Cicely Motorsports e Sam Tordoff no Ford Focus RS do Team GardX Racing With Motorbase, fecharam o top cinco.

No campeonato, Colin Turkington lidera com 269 pontos e ampliou a vantagem que é agora de 43, sobre Tom Ingram, 51 sobre Ashley Sutton. Nas Equipas, segue líder o Team BMW com 356 pontos e nos Construtores a BMW comanda com 681. No campeonato dos Pilotos Independentes quem lidera é Tom Ingram (303 pontos), nas Equipa Independentes segue na frente a Speedworks Motorsport com 310 pontos e no Jack Sears Trophy comanda Dan Cammish, com 351 pontos.

A próxima etapa do campeonato corre-se a 15 e 16 de Setembro em Silverstone.

Texto: Jorge Cabrita  Fotos: BTCC Media