O estónio Yüri Vips levou hoje de vencida a concorrência, conquistando a 2ª corrida da visita do Campeonato da Europa FIA F3 ao traçado italiano de Misano World Circuit Marco Simoncelli. Ao conquistar a sua terceira vitória este ano, o estónio ascendeu à 2ª posição do campeonato que continua sob controlo do britânico Daniel Ticktum.

Numa prova em que foram muitos os pilotos penalizados na grelha de partida, pelo excesso de cortes de pista no Qualifying que definia o alinhamento desta e em sequência da corrida 3, Vips manteve a pole position, tendo a seu lado Enaam Ahmed, que herdou a posição do penalizado Jehan Daruvala. No arranque, Vips manteve a liderança, enquanto que Alex Palou veio da segunda fila para ‘roubar’ o 2º posto a Ahmed. O espanhol da Hitech Bullfrog GP, de imediato atacou Vips, mas o estónio da Motopark defendeu-se bem e controlou a corrida para sair vencedor, com 0.521s de vantagem sobre Alex Palou.

“Esta foi uma das corridas mais difíceis em que participei”, disse Yüri Vips. “Quando a pista está parcialmente suja, nunca é fácil ser o líder da corrida, pois não existem quaisquer pontos de referência. Tive momentos críticos em todas as voltas. Tentei manter-me calmo e agora estou feliz com esta vitória”.

A luta pelo derradeiro lugar do pódio foi, a par do duelo pela vitória, outro foco de interesse da espetacular segunda corrida da F3 em Misano. Com Jehan Daruvala (Carlin) a cedo assumir a posição após superar Enaam Ahmed (Hitech Bullfrog GP), sendo seguido de Mick Schumacher que também ultrapassou o piloto britânico da Hitech, a luta pelo 3º posto ficou entre o indiano e o alemão. Á oitava volta, Schumacher superou Daruvala, que errou e se afundou no pelotão, partindo no encalço de Vips e Palou, mas já era tarde para aspirar a algo mais que o degrau mais baixo do pódio.

Daniel Ticktum esteve forte na fase final da corrida, levando o carro da Motopark ao 4º lugar, na frente de Enaam Ahmed.

Texto: Jorge Cabrita  Fotos: F3 Media