Você está aqui
Home > Novidades > FCA e BMW Unidas Para Desenvolver Condução Autónoma

FCA e BMW Unidas Para Desenvolver Condução Autónoma

 

O BMW Group, Intel e Mobileye anunciaram hoje a assinatura de um memorando de entendimento com o intuito de que Fiat Chrysler Automóveis (FCA) se torne no primeiro construtor de automóveis a juntar-se a eles no desenvolvimento de uma plataforma de condução autónoma, a nível global.

Esta joint venture tem a intenção de aproveitar as capacidades e recursos individuais de cada companhia a fim de evoluir as tecnologias disponíveis para esta plataforma, aumentar a eficiência do desenvolvimento e reduzir os tempos de lançamento no mercado. Engenheiros trabalham em conjunto na Alemanha e noutros locais, a fim de facilitar este processo. A FCA será uma mais valia para esta aliança, trazendo engenharia, recursos técnicos e experiência, assim como o seu significativo volume de vendas, alcance geográfico e experiência nos mercados norte americanos.

Em Julho de 2016, o BMW Group, Intel e Mobileye anunciaram a união de forças para fazer dos veículos autónomos uma realidade, colaborando no desenvolvimento de soluções, desde a condução altamente automatizada (Nível 3), até à totalmente automatizada (Nível 4 e 5), para chegar à produção em 2021. Desde então, têm trabalhado em conjunto no desenho e desenvolvimento de uma arquitetura que possa ser utilizada por vários fabricantes de automóveis em todo o mundo, sem colocar em risco a identidade individual de cada construtor.

“Os fatores que seguem sendo fundamentais para o êxito desta cooperação são a excelência sem comprometer o processo de desenvolvimento e o alcance da nossa plataforma de condução autónoma”, disse Harald Krüger, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG. “Com a FCA como nosso novo associado, reforçamos o nosso caminho para criar, com êxito, a solução mais relevante de Nível 3 a 5, como resultado da colaboração global entre Construtores.”

Para alcançar avanços na tecnologia de condução autônoma, é vital formar parcerias entre fabricantes de automóveis e aqueles que fornecem a tecnologia”, disse Sergio Machionne, Presidente Executivo da FCA. “Integrar esta cooperação permitirá à FCA beneficiar diretamente das sinergias e economias de escala que são possíveis quando as empresas se unem com visão e objetivos comuns.”

Fotos: Oficiais/BMW Group

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top