Leonardo Pulcini (Hitech Grand Prix)

Leonardo Pulcini foi o mais rápido em pista no dia 2 dos testes de pré-temporada da FIA F3 que hoje terminaram em Barcelona. O piloto italiano da Hitech Grand Prix registou em 1m32.222s a sua melhor volta do dia, durante a sessão da manhã, batendo os mais diretos adversários, Christian Lundgaard e Max Fewtrell, ambos em carros da ART Grand Prix.

O dia começou com a pista molhada em virtude dos aguaceiros que ontem à noite ocorreram em Barcelona. Os treinos matinais chegaram mesmo a ser interrompidos, em virtude da saída de pista de Alessio Deledda (Campos Racing) na Curva 3. Com o reinício da sessão e com a pista a secar, Christian Lundgaard (ART Grand Prix) começou por ser o mais rápido (1m33.750s).

Uma hora mais tarde, Teppei Natori (Carlin Buzz Racing) saiu largo na Curva 9 e foi embater na barreira de pneus, sendo pela segunda vez mostrada a bandeira vermelha. Jehan Daruvala (Prema Racing) foi o primeiro piloto a rodar abaixo de 1m33s mas foi Alex Peroni (Campos Racing) quem estabeleceu a melhor volta (1m32.460s) antes de o próprio parar no meio da pista na Curva 13, forçando à exibição da terceira bandeira vermelha.

Na última hora da sessão, Lundgaard e Fewtrell colocaram-se respetivamente em P1 e P2, mas Pulcini conseguiu encontrar fôlego extra para se afirmar no topo da tabela de tempos (1m32.222s). Até ao final da sessão, os três pilotos mantiveram-se no topo, com Peroni a ser o 4º mais rápido, na frente de Daruvala, Liam Lawson (MP Motorsport), Sebastian Fernandez (Campos Racing), David Beckmann (ART Grand Prix), Robert Schwartzman (Prema Racing) e Richard Vershoor (MP Motorsport).

Lirim Zendelli (Sauber Júnior Team by Charouz)

Após um intervalo de uma hora, reabriram-se os trabalhos com a sessão da tarde, a última destes testes. Pedro Piquet (Trident) foi o primeiro piloto a ir para a pista, acabando por ser o seu companheiro de equipa Niko Kari a estabelecer a melhor volta inicial, isto pouco antes de se imobilizar em pista, forçando à mostragem da bandeira vermelha.

As equipas dedicaram o resto do dia a longos ‘stints’, durante os quais o mais rápido foi Lirim Zendelli (Sauber Júnior Team by Charouz) com uma volta em 1m33.703s. Quarenta minutos antes da mostragem da bandeira de xadrez, a chuva regressou a algumas partes do traçado de Montmeló, o que forçou as equipas a recolher os carros para possivelmente serem montados pneus de chuva. A mesma chuva começou a cair com mais intensidade, o que fez com que os tempos não fossem melhorados, com Zendelli a ser o mais rápido, na frente de Piquet, Kari, Yuki Tsunoda (Jenzer Motorsport), Felipe Drugovich (Carlin Buzz Racing), Jake Hughes (HWA Racelab), Bent Viscaal (HWA Racelab), Logan Sargeant (Carlin Buzz Racing), Sebastian Fernandez e Fabio Sherer (Sauber Júnior Team by Charouz).

O ‘paddock’ do FIA F3 desloca-se agora para a derradeira sessão de testes antes do arranque do campeonato, agendada para os dias 17-18 de abrir no Hungaroring

Texto: ©Jorge Cabrita
Fotos: Oficiais