Robert Shwartzman (PREMA Racing)

Robert Shwartzman esteve em destaque ontem nos treinos cronometrados para a primeira etapa do FIA F3, no traçado catalão de Montmeló. Depois de já ter sido o mais veloz desta competição nos testes de pré-temporada de Barcelona, Shwartzman foi quem imprimiu melhor ritmo na sessão de Qualifying de ontem, fazendo a volta da pole em 1m31.975s, batendo o até aí mais veloz, Simo Laaksonen, que no carro da MP Motorsport havia sido o primeiro a registar o melhor tempo.

Até ao fim da sessão, Christian Lundgaard (ART Grand Prix) conseguiu superar o piloto russo, mas o piloto da PREMA Racing tornou a colocar-se no topo da tabela de tempos com uma volta notável já no final da sessão. Christian Lundgaard sairá da segunda posição para a Corrida 1, que se realiza esta tarde. O 3º melhor tempo foi para Marcus Armstrong, noutro carro da PREMA Racing. Do 4º ao 6º lugar no Qualifying ficaram, Jehan Daruvala (PREMA Racing), Logan Sargeant (Carlin Buzz Racing) e Simo Laaksonen (MP Motorsport).

“Durante grande parte da sessão estivemos de certa forma confortáveis no topo da tabela de tempos, o que me deu alguma tranquilidade, mas depois o Christian (Lundgaard) melhorou o seu tempo, ficando sensivelmente uma décima à minha frente”, disse Robert Shwartzman. “Sabemos que a nossa segunda tentativa é a última, pelo que esse ‘tudo ou nada’ nos deixa sob enorme pressão. Foi um pouco arriscado preparar a última volta, pois na pista estava atrás do Marcus (Armstrong), precisando de o ultrapassar para estar bem posicionado. Tentei ultrapassar e consegui, depois nessa volta dei o meu máximo num carro que estava muito bom. Fiquei muito surpreendido com a pole position e estou muito feliz. Tudo correu muito bem e quero deixar um enorme agradecimento à equipa, aos patrocinadores e a todos que me estão a ajudar.”

Texto: ©Jorge Cabrita
Fotos: ©FIA F3 Media (Joe Portlock)