A Renault Sport Fórmula 1 anunciou hoje Daniel Ricciardo como companheiro de equipa de Nico Hulkengberg na estrutura francesa, a partir do próximo ano.

 

O australiano de 29 anos, natural de Perth, firmou um contrato de dois anos com a equipa francesa, aventurando-se pela primeira vez para fora do seio da Red Bull, estrutura com que participou em diversas fórmulas de promoção e com as duas equipas envolvidas na Fórmula 1. No entanto, a marca Renault não será de todo uma estreia para Ricciardo, já que no seu percurso até à Fórmula 1, correu nas fórmulas promocionais da marca do losango, entre 2007 e 2011.

“Esta é provavelmente uma das decisões mais difíceis que tomei em toda a minha carreira”, disse Daniel Ricciardo. “Mas, acho que chegou a hora de eu encarar um novo desafio, mais fresco. Tenho consciência que a Renault tem ainda um longo caminho a percorrer para atingir o nível de competitividade pretendido, mas o seu progresso em apenas dois anos deixou-me verdadeiramente impressionado. Sei bem que a Renault saiu sempre vencedora quando se envolveu no desporto, ao mais alto nível. Espero poder ajudá-los nesta jornada, dando o meu contributo dentro e fora da pista”.

Para Jerôme Stoll, Presidente da Renault Sport Racing, este é um momento importante para a equipa que pretende regressar ao topo da F1. “A Renault decidiu voltar à Fórmula 1 para lutar pelos títulos em disputa. Assegurar a contratação do Daniel Ricciardo é uma oportunidade única para o Grupo Renault na busca desse objetivo. Damos as boas vindas ao Daniel na nossa equipa”.

Sobre a chegada daquele que será o companheiro de Nico Hulkenberg nas próximas duas temporadas, Cyril Abiteboul, Diretor Geral da Renault Sport Racing, disse: “A contratação do Daniel sublinha a nossa determinação em acelerar o processo rumo à vanguarda neste desporto. É também o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido nestes últimos dois anos e meio. O inegável talento e carisma do Daniel é para nós um enorme bónus, como equipa. Teremos que corresponder à confiança por ele demonstrada proporcionando-lhe o melhor carro possível”. Cyril Abiteboul concluiu referindo que, “é com grande orgulho e humildade que lhe damos as boas vindas à nossa equipa, que continua a evoluir”.

Texto: Jorge Cabrita  Fotos: Renault