IndyCar: Más Condições de Tempo Responsáveis por Adiamento da Prova de Barber

0

 

A chuva incessante no Alabama acabou por atrapalhar o andamento da quarta etapa da Verizon IndyCar Series, o Alabama Grand Prix, em de Barber Motorsports Park.

A prova teve que ser adiada para segunda, 23 de Abril, devido às más condições da pista. A “montanha russa do Alabama”, apelido dado ao circuito devido às variações topográficas da pista, trouxe mais dificuldade que o esperado aos pilotos, devido à forte chuva aliada ao novo pacote aerodinâmico padrão do chassis Dallara. A visibilidade era mínima e as poças de água fizeram os carros aquaplanarem.

Will Power

A prova começou sem nenhum incidente entre os pilotos e Josef Newgarden liderou as 18 voltas de forma confortável, até à ‘relargada’ após a bandeira amarela ocasionada por um incidente entre Ed Jones da Chip Ganassi e Charlie Kimball da Carlin. Nesse momento a chuva apertava e os pilotos não conseguiam acelerar até o fundo nas retas sem que os pneus perdessem tração. A maior vítima desse problema foi Will Power, que nesta ‘bandeira verde’ perdeu o controle do seu Penske, quando seguia seu companheiro Newgarden e acabou acertando o muro interno ao se aproximar da Curva 1, encerrando assim o seu fim de semana em Barber.

A prova foi interrompida por cerca de 40 minutos e reiniciada, mas após cinco voltas notou-se que as condições continuavam ruíns e depois de uma longa espera por melhoras do tempo, a corrida foi adiada.

Texto: Felipe Portela  Fotos: IndyCar Media (Chris Owens, Joe Skibinski)