Em uma tarde perfeita, Chase Elliott enfrentou e superou durante toda a corrida adversários como Denny Hamlin, Kyle Busch e Martin Truex Jr. Hamlin foi o seu adversário no primeiro estágio, quando os dois brigavam pela terceira posição. No segundo, passou a brigar pela liderança com Kyle Busch. No fim, segurou com mestria os ataques de Truex Jr e deu a primeira vitória da temporada para a Hendrick Motorsports.

“Eu não sei o que dizer, estou muito emocionado, tão aliviado”, disse Elliott. “Trabalhámos por três anos, eu não ganhei uma”.

Martin Truex Jr, que havia vencido as duas ultimas etapas em circuitos mistos, terminou na segunda posição. Na última volta, quando pressionava Elliott pela liderança, ficou sem combustível.

Kyle Busch, que brigou durante boa parte da corrida pela liderança, foi obrigado a regressar à boxe após a ultima paragem, pois a sua equipa não havia colocado combustível suficiente. Daniel Suarez foi quarto e Erik Jones fechou o top cinco.

Com mais de 32 mil espectadores nas arquibancadas de Watkins Glen International, Denny Hamlin recebeu a bandeira verde na primeira posição. Depois da curva 1, passou a ser atacado por Kyle Busch e Chase Elliott. Já na segunda volta, Kyle Busch assumiu a liderança. Na volta 4, Ryan Blaney e Aric Almirola se tocaram na curva 7, acionando a primeira bandeira amarela. Depois da relargada, na volta 6, Busch abriu uma grande vantagem para Martin Truex Jr, entrou no pit lane com duas voltas para o fim e Truex Jr herdou a vitória no estágio.

Martin Truex Jr.

Kyle Busch voltou a liderar o grid no começo do segundo estágio, seguido por Chase Elliott, Denny Hamlin, Erik Jones e Jamie McMurray. Na volta 27, Elliott ultrapassou Busch na curva 7 e assumiu a ponta pela primeira vez. Elliott manteve uma distancia de 1.5s para Busch e ficou com a vitória no segundo estágio.

No ultimo estágio, a briga entre Kyle Busch e Chase Elliott voltou a esquentar. Elliott parecia ter mais ação, mas Busch não estava disposto a entregar a posição tão facilmente. Na volta 54, Matt DiBenedetto, com problemas no motor, parou na pista e a bandeira amarela foi ao ar. Restando 36 voltas para o fim, essa amarela foi vital para a corrida, pois agora todos só precisavam abastecer o carro para terminar a prova. Todos os pilotos foram para o pit lane e Kyle Busch manteve a liderança.

Kyle Busch foi obrigado a voltar à boxe, já que a sua equipa não conseguiu colocar combustível suficiente. Quem agradeceu foi Chase Elliott, que recomeçou a corrida em primeiro e já nas primeiras voltas depois da relargada, aparecia 1.3s a frente de Martin Truex Jr. A distância entre os dois primeiros chegou a passar dos 2s, mas com 15 voltas para o fim da corrida, caiu para 0.8s. A partir daí a pressão imposta por Truex Jr só aumentou, com 5 voltas para o fim, a diferença era de apenas meio segundo.

Com duas voltas para o fim, Martin Truex Jr errou na chicane, Chase Elliott abriu uma pequena vantagem, mas após receber a bandeira branca, queimou a travagem na curva 1. Truex Jr continuou perseguindo Elliott, mas ficou sem combustível e a vitória em Glen ficou mesmo com Elliott.

Primeiro Estágio – 20 Voltas
Vencedor do Primeiro Estágio: Martin Truex Jr.
2. Jimmie Johnson
3. William Byron
4. Michael McDowell
5. Brad Keselowski

Segundo Estágio – 20 Voltas
Vencedor do Segundo Estágio: Chase Elliott
2. Kyle Busch
3. Denny Hamlin
4. Erik Jones
5. Martin Truex Jr

Último Estágio – 50 Voltas
Vencedor da corrida: Chase Elliott
2. Martin Truex Jr
3. kyle Busch
4. Daniel Suarez
5. Erick jones
Tempo de corrida: 2h13m44s
4 bandeiras amarelas (11voltas em bandeira amarela)
9 mudanças na liderança
5 pilotos lideraram a corrida: Denny Hamlin, Kyle Busch, Jimmie Johnson, Chase Elliott e Martin Truex Jr.

Texto: Wellingson De Souza  Fotos: NASCAR Media/Getty Images (Jeff Zelevansky, Chris Trotman, Robert Laberge, Sarah Crabill)