Denny Hamlin venceu a Busch Pole Award da Consumers Energy 400 em Michigan International Speedway, disputada ontem. O piloto da Joe Gibbs Racing fez a volta em 35.504s e 202.794mph de velocidade média, conquistando a segunda pole position na Monster Energy NASCAR Cup Series em 2018.

Kyle Busch cravou 35.515s (202.731mph) e fechou a primeira fila do ‘grid’ para a Joe Gibbs, repetindo as posições de largada da ultima semana, em Watkins Glen International.

Mas, desta vez não foi uma surpresa, pois Denny Hamlin liderou o primeiro treino realizado no começo da tarde. Desde 2006, Hamlin vence pelo menos uma corrida por ano. Sem vencer ainda este ano, busca manter firme essa tradição.

“Eu acho importante essa marca”, comentou Hamlin. “Eu penso sobre isso… pensei que estava tudo acabado em 2013, o ano em que eu quebrei as minhas costas… e nós vencemos a ultima corrida da temporada e mantemos a tradição viva”.

Kyle Busch foi superado por apenas 0.011s, com tempo para ser pole, não conseguiu ser mais rápido que Denny Hamlin nas curvas 3 e 4.

“Eu pensei que a 3 e 4 foram OK”, disse Busch. “Certamente, eu não acho que foi o meu melhor momento”.

Kyle Busch

Kevin Harvick fez o terceiro melhor tempo (35.626s – 202.100mph), seguido por Erik Jones (35.678s – 201.805mph) e Austin Dillon (35.688s – 201.748mph).

A Consumers Energy 400 está marcada para as 13:00 do horário local.

Hamlin O Mais Rápido Também no 1º Treino

No primeiro treino da Monster Energy NASCAR Cup Series, Denny Hamlin ficou no topo da classificação, completando as 2 milhas de Michigan International Speedway em 35.603s e 202.230mph de velocidade média.

Kurt Busch, que já venceu três vezes em Michigan, ficou na segunda posição (35.661s – 201.901mph), seguido por Daniel Suarez (35.670s – 201.850mph), Ryan Blaney (35.680s – 201.794mph) e Kyle Busch (35.682s – 201.782mph).

Texto: Wellingson De Souza  Fotos: NASCAR Media/Getty Images (Jerry Markland, Sean Gardner)