No ultimo domingo, Kevin Harvick chegou à sua 44ª vitória na Monster Energy NASCAR Cup Series, mas ao cruzar a linha de chegada em Michigan International Speedway, foi orientado por Rodney Childers, seu chefe de equipa, a não realizar o famoso ‘burnout’.

Isto por que, pela segunda vez no ano, a NASCAR iria confiscar alguns carros para levar para o seu túnel de vento, onde serão realizados testes aerodinâmicos de motor e realizar um estudo sobre todos os dados coletados, tudo para entender a diferença entre os três carros, Ford Fusion, Toyota Camry e Chevrolet Camaro.

Kevin Harvick

Seis carros foram selecionados, dois de cada marca. Da Ford, os escolhidos foram os dois primeiros colocados em Michigan, Kevin Harvick (#4 Stewart-Haas Racing) e Brad Keselowski (#2 Team Penske). Da Chevrolet, os escolhidos foram Austin Dillon (#3 Richard Childress Racing) e de Chase Elliott (#9 Hendrick Motorsports). Da Toyota, foram escolhidos dois carros da Joe Gibbs Racing, o #18 de Kyle Busch e o #11 Denny Hamlin.

Denny Hamlin

“Tentamos encontrar uma pista onde obviamente a aerodinâmica desempenhe um papel mais relevante, por isso selecionámos seis carros, dois de cada fabricante, para levar ao túnel de vento”, disse ontem ao SiriusXM Monday, Steve O’Donnell, Vice Presidente Executivo da NASCAR  e Chefe do Departamento de Desenvolvimento para a Competição. “O processo consiste em partilhar os dados obtidos com os fabricantes assim como com as equipas. Para nós este é um bom barómetro, por duas razões – assegura que estamos dentro do objetivo para este ano e, o que provavelmente é ainda mais importante, permite-nos definir melhor 2019, tendo em conta que a base por nós definida corresponde aos dados atualmente existentes no sistema”.

Pelas suas características que obrigam a um apurado trabalho aerodinâmico dos carros, os dados técnicos obtidos em Michigan International Speedway são relevantes, para que a NASCAR possa ir acompanhando o nível de competitividade entre as três marcas envolvidas no campeonato.

Texto: Wellingson De Souza  Fotos: NASCAR Media/Getty Images (Sarah Crabill, Sean Gardner, Daniel Shirley)