Kevin Harvick

Já passamos da metade da temporada e provavelmente, muitos fãs da NASCAR já estavam enjoados de ver Kevin Harvick e Kyle Busch no Victory Lane da Monster Energy NASCAR Cup Series. Das 14 etapas disputadas em 2018, os dois juntos ganharam 9 etapas. Harvick venceu 5 vezes e Kyle Busch em 4 ocasiões.

No ultimo final de semana em Pocono Racaway, foi a vez de Martin Truex Jr dar as caras no Victory Lane. Ele não dominou a corrida, mas conseguiu superar os dois favoritos, Kevin Harvick e Kyle Busch, o que o deixou muito feliz após a corrida.

Martin Truex Jr

“É sempre divertido vencer, especialmente quando você vence os melhores e esses dois estavam muito rápidos hoje”, disse Martin Truex Jr.

Analisando a temporada de 2018, é realmente uma mudança de ares ver Martin Truex Jr no Victory Lane. Confira a lista de vencedores da Cup Series após 14 etapas.

  • 1. Austin Dillon – Daytona 500.
  • 2. Kevin Harvick – Atlanta
  • 3. Kevin Harvick – Las Vegas
  • 4. Kevin Harvick – Phoenix
  • 5. Martin Truex Jr – Fontana
  • 6. Clint Bowyer – Martinsville
  • 7. Kyle Busch – (Texas
  • 8. Kyle Busch – Bristol
  • 9. Kyle Busch – Richmond
  • 10. Joey Logano – Talladega
  • 11. Kevin Harvick – (Dover
  • 12. Kevin Harvick – Kansas
  • 13. Kyle Busch – Charlotte
  • 14. Martin Truex Jr – Pocono

Mas se ampliarmos a nossa visão para além da temporada de 2018 e analisar o fim da temporada de 2017, damos de caras com números espantosos: Kevin Harvick, Kyle Busch e Martin Truex Jr, venceram juntos, 22 das ultimas 30 etapas da Cup Series.

Desde a etapa em Pocono no dia 30 de julho de 2017, que terminou com a vitória de Martin Truex Jr, até à etapa de domingo passado, apenas sete pilotos além dos três visitaram o Victory Lane.

  • 1.Kyle Larson – Michigan e Richmond (2017)
  • 2.Denny Hamlin – Darlington (2017)
  • 3.Brad Keselowski – Talladega (2017)
  • 4.Math Kenseth – Phoenix (2017)
  • 5.Austin Dillon – Daytona (2018)
  • 6.Clint Bowyer – Martinsville (2018)
  • 7.Joey Logano – Talladega (2018)
Kyle Busch

Para se ter uma ideia de quão incomum é, a ultima vez que três pilotos dominaram assim uma temporada foi em 2008, quando Jimmie Johnson, Carl Edwards e Kyle Busch venceram 24 das 36 corridas disputadas.

A NASCAR sempre foge do obvio, sempre querendo criar rivalidade e competitividade, nem que para isso ela tenha que mudar o regulamento, carro e sistema de pontos.

O ‘chase’ em 2004 é disso um bom exemplo. Math Kenseth foi campeão em 2003 após vencer apenas uma etapa, enquanto Ryan Newman que venceu oito terminou na sexta posição. A NASCAR não hesitou e criou um sistema que valoriza os vencedores, que depois foi mudado várias vezes até chegar no formato atual.

O carro constantemente é atualizado, peças banidas ou modificadas, os carros vão constantemente para o túnel de vento da NASCAR, para entender a diferença entre todos, tudo a fim de equalizar o desempenho em pista.

Atualmente, a NASCAR trabalha com o novo pacote aerodinâmico, que deve ser implementado em 2019, no primeiro teste no All Star Race em Charlotte. Apesar da vitória de Kevin Harvick, a briga pela liderança foi insana, a imprensa e principalmente os fãs gostaram e, em 2019, teremos uma nova NASCAR.

Texto: Wellingson De Souza  Fotos: NASCAR Media/Getty Images (Robert Laberge, Sarah Crabill)