Ty Dillon, da Germain Racing, levou o seu Chevrolet #13 para o topo da classificação no primeiro treino em Talladega Superspeedway, valido pela nona etapa da Monster Energy NASCAR Cup Series.

Ty Dillon deu 16 voltas no treino, efetuando o seu melhor tempo em 47.182s, à velocidade média de 202.959mph.

Depois do treino, Dillon estava satisfeito com o trabalho da equipa, mas esta ainda iria trabalhar em alguns pequenos detalhes do carro.

Atrás de Dillon, ficaram o trio da Joe Gibbs Racing, Daniel Suarez (47.247s – 202.680mph), Kyle Busch que busca a sua quarta vitória consecutiva (47.247s – 202.680mph) e Denny Hamlin (47.249s – 202.671mph). Ryan Newman da Richard Chilldress Racing completou os cinco primeiros.

No treino, os pilotos deram voltas em pack, duplas e até voltas solitárias. Apenas nove carros ultrapassaram a marca das 200 milhas durante a sessão de 50 minutos.

Doze equipes foram punidas com 15 minutos de treino:

a) Foram punidos por atrasar para inspeção antes da qualificação para Richmond

  • # 15 Premium Motorsports Chevrolet – Ross Chastain
  • # 19 driven – Suarez,
  • # 38 Front Row Motorsports Ford – David Ragan
  • # 51 Rick Ware Racing Ford

b) Foram punidos por atrasar para inspeção antes da corrida em Richmond

  • # 41 Stewart-Haas Racing Ford – Kurt Busch
  • # 78 Furniture Row Racing Toyota – Martin Truex Jr.

c) Foram punidos por falhar duas vezes na inspeção antes da qualificação em Richmond

  • #6 Roush Fenway Racing Ford – Trevor Bayne
  • #13 Germain Racing – Ty Dillon
  • #20 JGR Toyota – Erik Jones

d) Foram punidos por falhar duas vezes na inspeção pré corrida em Richmond

  • #23 BK Racing Toyota – Gray Gaulding
  • #34 Front Row Motorsports Ford – Michael McDowell
  • #48 Hendrick Motorsports Chevrolet – Jimmie Johnson

Texto: Wellingson De Souza  Foto: NASCAR Media/Getty Images