Você está aqui
Home > Apresentação > Novo BMW M5 Terá 600 cv

Novo BMW M5 Terá 600 cv

 

BMW_M5_1
BMW_M5_2
BMW_M5_3
BMW_M5_4
BMW_M5_5
BMW_M5_6
BMW_M5_7
BMW_M5_8
BMW_M5_9
BMW_M5_11

O novo BMW M5 já foi apresentado e não deixa dúvidas sobre aqueles que são os seus novos atributos. Este autêntico ‘puro sangue’ familiar debita 600 cv de potência e chega dos 0 aos 100 km/h em 3.4 segundos. Os consumos, que pouco interessam àquele que será o seu publico alvo, apresentam valores médios de 10,5 l aos 100 km e emissões de CO2 de 241 g/km.

Pela primeira vez, a super berlina da casa de Munique contará com a transmissão integral M xDrive, que lhe trará outro apuro dinâmico em qualquer tipo de condições de piso (asfalto). Este sistema permite ao condutor gerir vários modos de condução dinâmica, inclusive optar entre tração traseira ou integral. Isto é possível graças à função de controlo inteligente da M xDrive que ativa a tração integral (4WD) assim que acionamos a ignição (desde que o DSC/Dynamic Stability Control esteja ativado). Depois, o condutor, conforme a sua coragem e dotes de condução, pode desativar o DSC e, se pretender, guiar o M5 só com tração traseira e sem ‘ajudas’. Dito por outras palavras, o condutor tem à sua disposição opções com DSC (DSC on, MDM, DSC off) e as opções M xDrive (4WD, 4WD Sport, 2WD).

O motor que equipa o novo BMW M5 é a mais recente verão do bloco de 4.4 litros V8, com tecnologia M Twin Power Turbo. Tem 600 cv de potência (441 kW)  entre as 5,600 e as 6,600 rpm e um impressionante binário/torque de 750 Nm, disponível entre as 1,800 e as 5,600 rpm. Para entregar esta potência à estrada, o BMW M5 utiliza uma caixa M Steptronic de oito velocidades, com Drivelogic. No modo D, a caixa é totalmente automática, enquanto que se o condutor optar pelo modo sequencial, será ele manualmente a acionar as mudanças/marchas através das patilhas no volante ou mesmo através do seletor na consola central.

A suspensão do BMW M5 é outra obra de requinte e sofisticação, permitindo extremo conforto ou pura performance desportiva, conforme o modo em que é utilizada. Entre as opções acessíveis ao utilizador estão os modos Comfort, Sport e Sport Plus, que trabalham com o Variable Damper Control (VDC), com afinação M. Também é possível configurar as características do motor ao gosto do condutor, através dos modos Efficient, Sport e Sport Plus. E depois, a ‘cereja no topo do bolo’ são as duas patilhas (vermelhas) no volante, M1 e M2, que permitem ao condutor gravar as configurações que mais lhe agradem, em termos de motor, transmissão, suspensão e modos x Drive, DSC e Head-Up Display. Uma vez ao volante, o condutor ativa essas configurações pressionando a patilha vermelha que pretender.

Em estrada, quando em Setembro este carro de sonho estiver disponível, o condutor poderá atingir uma velocidade máxima de 260 km/h (limitada eletronicamente) ou, através do opcional M Driver Package, chegar aos 305 km/h. Para chegar dos 0 aos 100 km/h necessitará de 3,4 segundos e ao fim de 11,1 segundos estará a 200 km/h.

De acordo com a informação do construtor, o carro terá um preço base de €117.000, sofrendo depois os devidos ajustes fruto da carga fiscal de cada país. Mais para a frente, lhe traremos a informação sobre os preços para Portugal. As primeiras entregas estão previstas para a primavera de 2018.

Fotos: Oficiais/BMW

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top