Você está aqui
Home > Apresentação > Novo Seat León Cupra R: Sensações Únicas

Novo Seat León Cupra R: Sensações Únicas

 

Depois da sua apresentação internacional no Salão de Frankfurt, o Seat León Cupra R revela agora todos os detalhes que o tornam, não só um modelo de características únicas e excecionais, como também o automóvel de estrada mais potente, jamais produzido pela marca. Com o Cupra R, a Seat vai mais além em refinamento, distinção e exclusividade, e muito mais além em prestações, caráter desportivo e sensações únicas ao volante. Trata-se de uma edição limitada a 799 unidades para clientes da marca em todo o mundo.

Existirão duas versões do novo Seat León Cupra R, ambas com tração dianteira: 300 unidades contarão com a caixa DSG de 6 velocidades e o motor 2.0 TSI de 300 cv; as restantes 499 unidades terão caixa manual, também de 6 velocidades, mas o motor 2.0 chegará aos 310 cv, o que constitui record para a marca.

O León Cupra R foi melhorado na configuração da suspensão, para ganhar camber negativo no eixo dianteiro, tendo também sido reajustada a suspensão adaptativa DCC (Dynamic Chassis Control), que unida ao sistema de direção progressiva, ao diferencial autoblocante VAQ de tipo Haldex, à implementação de um novo sistema de escape e ao reajuste da centralina de gestão do motor, permite obter maior rendimento.

Vestido a Rigor

A carroçaria do León Cupra R caracteriza-se por exclusivos detalhes em cobre, como os retrovisores exteriores, as poderosas entradas de ar para refrigerar os travões e os logos Seat. Além de que conta com jantes de liga leve de 19″ (48 cm) de desenho exclusivo, também em tons cobre e negro. Estão disponíveis três cores de carroçaria: Negro Midnight, Cinza Pirinéus e Cinza Pirinéus Mate, este último pela primeira vez disponível, como opcional e com um custo de desde €2.580.

A fibra de carbono também desempenha um papel de especial protagonismo no novo Seat León Cupra R, estando presente no ‘splitter’ dianteiro, ‘spoiler’ traseiro, abas laterais e difusor posterior, onde se salientam as poderosas duplas saídas de escape. A imponente imagem da frente é realçada por novas entradas de ar laterais, com novo desenho.

Este pack aerodinâmico, em fibra, não é apenas um mero apelo estético. Tal como nos carros de competição, gera uma maior carga aerodinâmica, com óbvios ganhos na eficácia, comportamento dinâmico, rendimento e segurança, que se evidenciam tanto em curvas de média ou alta velocidade. Aliás, a carga aerodinâmica sai melhorada em 12,5%.

No interior, desde logo destaque para a inscrição gravada a laser na consola central, junto à manete da caixa de velocidades, para nos lembrar que estamos perante uma edição limitada. Os bancos, tipo bacquet, contam com costuras em cinza, idênticas às do volante e da caixa, em Alcântara. Os tons de cobre, encontram-se ainda no tablier e consola, enquanto os painéis das portas simulam fibra de carbono. Também a instrumentação recebe novos detalhes estéticos e, ao pressionar o botão da ignição, podemos receber a mensagem exclusiva de boas vindas do Cupra R, no écran de 8″, da consola central.

Preparado para a Ação e com 310 cv de Manuseamento Manual

O León Cupra R da Seat está tecnologicamente preparado para satisfazer as necessidades de condutores exigentes. Conta com cinco modos de condução disponíveis no Seat Drive Profile: Comfort, Sport, Eco, Individual e Cupra. Existe mais prazer de condução e, no modo Cupra, o motor reage mais rápido e o ponteiro das rotações estabiliza num ralenti mais alto, passando das 800 às 1000 rpm. Modifica a dureza da direção, mais direta, apura o regime de rotações do motor e, para a versão com caixa automática DSG, obtém-se comportamento mais desportivo nos modos Sport e Cupra.

Na opção do Cupra R de caixa manual de 6 velocidades, estão disponíveis 310 cv, o que se traduz no Seat de estrada mais potente de sempre. Disponíveis entre as 5800 e as 6500 rpm, estes 310 cv obtêm-se a um regime de 300 rotações mais elevado que na restante geração Cupra (5500 a 6200 rpm).

Para que tudo isto se desenrole na estrada em segurança, o Cupra R conta com suspensão DCC, com amortecedores ajustados especificamente e controlados na eletrónica e com diferencial autoblocante VAQ. Este caracteriza-se por atuar na hidráulica, mas com gestão eletrónica, destacando-se por não ter um funcionamento tão passivo como outros sistemas que recorrem ao controlo de estabilidade ESP, limitando-se a travar a roda de dentro nas curvas, enviando mais binário para a roda exterior. Neste caso, através da análise em milissegundos da aderência de cada pneu, os discos de embraiagem abrem ou fecham, permitindo entregar a apenas uma roda, até 100% do binário disponível. Este funcionamento está perfeitamente coordenado com o resto das ajudas eletrónicas disponíveis no Cupra R, para que o condutor desfrute de prazer de condução, sem que se aperceba de perdas de potência, nem tão pouco o automóvel sofra com a gestão eletrónica do desempenho dinâmico.

Os engenheiros da Seat trabalharam em conjunto com a Seat Sport para melhorar a velocidade em curva do novo Cupra R. O carro conta com vias mais largas – 1.593 e 1.530 mm, respetivamente no eixo dianteiro e traseiro – e umas novas mangas que modificam o ângulo de camber negativo (2º) – 2º negativos também na traseira -. Os travões são Brembo e os pneus Michelin Pilot Sport Cup 2.

As primeiras entregas do Seat León Cupra R estão previstas para princípios de 2018, com preços (em Espanha) de €46.375 para a versão de 300 cv e €44.585 para o Cupra R de 310 cv e caixa manual.

SEAT_LeonCupra_7
SEAT_LeonCupra_6
SEAT_LeonCupra_1
SEAT_LeonCupra_5
SEAT_LeonCupra_4
SEAT_LeonCupra_9
SEAT_LeonCupra_10

Tradução e Adaptação para português: OnWheelsTV
Fotos: Seat

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top