“rFactor 2 Advanced Car Set Up Guide” – Chapter 4a) Developing a Race Strategy (final)

OReilly_Chapter2_3_33

 

Possible example scenarios:

a) You are fast and capable of a front row start. No parc ferme.

Decision-Aero on the higher end of your tested range of choices. You will set the car for fastest lap time and seek to break the DRS tow in the first 2 laps. If unsuccessful you will still have DRS and pit strategy to fight back. Your aero setting will yield good tyre wear possibly dropping a stop. Chasing cars in the fight (in dirty air) will struggle on tyre wear. You will be very strong under brakes. It will take a brave move to pass you into Turn 5 and you will still be on his gearbox for DRS at pit and Kemmel straights. You will set 1st gear for the very best start. You will watch the gaps behind you and pit when you (will on exit) have clear air.

Decision-tyres. You will start on options (you didn’t get pole on primes!).

b) You are expecting 6th on the grid.

Decision Aero- On the lower end of your choices. You need to fight hard in the overtaking zones to win/keep places. A high wing setting would not see you pass the fastest guys ahead and you will be attacked from behind. (Think Kvyatt Spa 2015)

Decision-tyres. You will start on options. (if you could manage P6 on primes you would be on pole on options! .

c) You are 15th on the grid and hoping for a top 10 finish.

Decision-Aero either higher end of your choices and hope to drop a stop and gain places with performance due to less tyre wear. However you will be vulnerable in the overtaking spots. So more likely you set aero on the lower end of your choices have a fast car so that you can attack and defend. You will set 1st gear for best lap time as a great start will simply put you in a higher risk lap 1 turn 1 damage situation.

Decision-tyres. Most likely you will start on primes. Avoiding a mess in lap 1 and possibly getting some passes when option runners pit earlier. If they have similar pace you might be able to hold them off with your options stint/s.

These examples are very simplified. You will look at what you think your key competitors are planning. Also how achievable dropping a stop might be (tyre wear).

4b) Set -up for qualifying.

If there is no “parc ferme” you can make significant changes to extract the best single lap from the car. This might mean a different aero setting than the optimum for your race strategy. It might mean an under-steering set that kills front tyres but over a lap is quick. All settings can be optimised for speed with low fuel and perfect (option?) tyres.

Brief summary of some possibilities.

Engine cooling-lower

Brake cooling ducts-lower

Diff lock-lower.

Gearing-longer

Aero-optimised for a lap time rather than passing.

All the compromises for tyre life can be ignored. In fact getting temp on a single out-lap might be more the goal than lowering wear.

If there is parc ferme you will be restricted.

 

Text and photo: David O’Reilly

(Note: After an extensive vacation period (due to a highly dynamic period of product releases from all sim brands), this setup guide for rFactor 2 will totally published in the next days.)

 

 

Versão Portuguesa

 

“rFactor 2 Guia de Set Up Avançado para Carros” – Capítulo 4a) Desenvolvendo uma Estratégia de Corrida (final)

 

OReilly_Chapter2_3_33

 

Possíveis exemplos de cenários:

a) Você é rápido e capaz de partir da primeira linha. Não há parque fechado.

Decisões de Aero são a prioridade no seu leque de opções de teste. Vai configurar o carro para obter voltas mais rápidas e procurará bater o arraste de DRS nas primeiras duas voltas. Se não conseguir ser bem sucedido, ainda terá o DRS e a estratégia de pit para voltar a estar dentro da corrida. A sua configuração de aerodinâmica vai privilegiar um consumo equilibrado do pneu, possivelmente fazendo com que perca uma posição. Envolver-se em disputas com outros carros (no ar sujo) fará com que sofra de um desgaste mais rápido dos pneus. Seu carro estará forte em travagem. Será difícil conseguirem ultrapassá-lo na Curva 5 e você ainda conseguirá estar colado a ele, para usar o DRS nas retas de Kemmel. Você vai configurar a 1ª marcha para a melhor partida possível. Observará as lacunas atrás de si e entrará no pit quando (na saída) tiver ar livre.

Decisão dos Pneus. Começará com o Option Tyrens (cvocê não efetuou a pole com pneus normais!).

b) Você vai partir da 6ª posição.

Decisões de Aero- Sarão a última das suas opções. Você precisará lutar muito nas zonas de ultrapassagem para ganhar/manter posições. Uma configuração de asa alta não o ajudará a ultrapassar os mais rápidos à sua frente e os seus perseguidores vão ataca-lo. (Lembrem-se do Kvyatt em Spa 2015)

Decisão dos Pneus. Você começará com o Option Tyre (se você fosse capaz de gerir uma 6ª posição com pneus normais teria obtido a pole com os Option! .

c) Você é 15º no grid e aspira a uma posição final no top 10.

Decisões de Aero poderão estar no topo das suas opções, apesar de você ir perder uma posição no início, mas ganhar lugares mais para a frente, devido a uma boa performance e menor consumo de pneu. No entanto, você estará vulnerável na discussão de ultrapassagens. Daí que o mais provável seja que você coloque a configuração aerodinâmica como a última das prioridades, para que você seja capaz de atacar e de defender. Configurará a 1ª marcha para o melhor tempo de volta, já que uma boa partida apenas vai aumentar o risco de acidente na curva 1, estragando toda a estratégia.

Decisão dos pneus. O mais provável é que comece com o pneu normal. Aproveitando a confusão na Curva 1 e possivelmente ganhando posições quando quem optou pelo Option parar mais cedo. Se eles depois mantiverem um ritmo semelhante, você poderá segurá-los no seu stint com o pneu Option.

Estes exemplos estão bastante simplificados. Você observará o que acha que os seus principais oponentes podem estar planejado. Também será importante observar quantas posições você acha que poderá perder (desgaste do pneu).

4b) Set -up para a Qualificação/Classificação

Se não houver”parque fechado”, você pode efetuar significativas alterações para otimizar a sua melhor volta com o carro. Isto poderá dizer que a configuração será deveras diferente da a utilizar durante a corrida. Poderá significar um set -up sub-virador que destrói os pneus dianteiros mas permite uma volta rápida. Todas as configurações podem ser otimizadas para a velocidade com pouco combustível e um perfeito jogo de pneus option.

Breve sumário de algumas possibilidades.

Menor refrigeração do motor

Menor duto de refrigeração dos travões

Menor bloqueio de diferencial

Marchas/Relações mais longas

Aero-otimizada para uma volta em vez de ultrapassagens

Todos os compromissos para a durabilidade do pneu podem ser ignorados. Na verdade, obter temperatura para uma volta passa a ser mais importante que assegurar a durabilidade do pneu.

Se houver “parque fechado”, no entanto, as possibilidades ficam restritas.

 

Texto e foto: David O’Reilly

(Nota: Depois de um extenso “período de férias” (devido a um intenso fluxo de novidades por parte de vários simuladores), este guia de set -up para rFactor 2 retorna ao seu ritmo normal e será publicado na totalidade durante os próximos dias.)

 

x

Check Also

Red Bull Ring v1.22 Released for rFactor 2

  Senormen updated his conversion of Red Bull Ring for rFactor 2 to version 1.22. ...

Snetterton v1.02 Released for rFactor 2

  Senormen already released version 1.02 of Snetterton for rFactor 2. In this new version ...