Chapter 4 – “Practice is Practice, Race is Race” (rFactor 2)

 

Top_Five_FGiro_3

This is a very complicated part and can represent a “cold shower” to a lot of people. Several drivers, some of which I followed throughout the years, always complained that “during the races nothing happened according to their training plan.” Guys, although I know that this may sound arrogant, to me it’s just nonsense to try and predict official races based on what happens in free practice.

Race simulations will not necessarily truly represent the race you will be taking part of, by the end of the day. Performing several laps alone, “face to the wind”, will probably help improve your overall pace, but it is not a good way to prepare your race approach with 100% trust. Plain and simple, because you will likely be surrounded with 20 or 30 drivers, that share the same track with you, all with different race pace, that can completely change your focus and your race mindset. Having competitive team mates around you during a session helps, but even so, that is not enough for you to draw final conclusions towards the next day.

There is yet another key point to consider: we are talking about rFactor 2. A very complex simulator, refined, but one where the slightest detail can influence the car’s performance. The most important detail, the one that counts the most, is obviously the rubber on track, constantly increasing, lap after lap. A 30-minute gap in the server makes all the difference and certainly means a half-a-second gap in lap times, especially when we are driving formula cars. Besides, several leagues use weather forecasts based on the real weahter for the real track, which depending on the region, can change overnight. Rain, ambient temperature, wind… unfortunately, there is no way to antecipate and prepare for that.

But, don’t give up, if bad luck of some sort of unexpeted event happens. Each race is a different learning experience, regardless of what happens or what you have to go through. We all can have an “A Plan”, at least until we move to the race session.

Stay tuned, tomorrow, another chapter will be released.

Text and Photo: Felipe Giro

 

 

Versão Portuguesa

Capítulo 4 – “Treino é Treino, Corrida é Corrida” (rFactor 2)

 

Top_Five_FGiro_3

Esta é uma parte complicada e pode representar um banho de água fria para muita gente. Vários dos pilotos nos quais acompanhei durante os anos sempre se queixaram de que “nas corridas, nada acontecia da forma que eles treinavam.” Gente, por mais que possa soar arrogante e prepotente, para mim, é uma grande bobagem tentar prever as provas oficiais baseados nos treinos livres.

Simulações de corrida não necessariamente representarão fielmente a maneira que a sua corrida se dará no dia da corrida. Dar várias voltas sozinho de cara para o vento pode ajudar a melhorar seu ritmo geral, mas não é uma boa forma para formar a sua abordagem para a corrida com 100% de confiança. Pura e simplesmente porque você, muito provavelmente, estará rodeado por 20 ou 30 pilotos dividindo a mesma pista, um com um ritmo diferente, que podem alterar completamente a sua concentração e a sua maneira de enxergar a prova. Ter companheiros de equipe competitivos ao seu redor durante a sessão ajuda, mas ainda assim não é o suficiente para se tirar uma conclusão final para o dia seguinte.

Outro ponto fundamental é o seguinte: estamos falando do rFactor 2. Um simulador complexo, refinado e que cada mínimo detalhe influencia no desempenho dos carros. O detalhe que mais faz diferença, é claro, é o nível de emborrachamento do traçado, que cresce constantemente com o passar das voltas. 30 minutos a mais ou a menos em um servidor já é o suficiente para causar uma diferença de mais de meio segundo nos tempos, principalmente com carros de fórmula. Além disso, várias ligas utilizam previsões meteorológicas correspondentes aos circuitos utilizados em tempo real, que, dependendo da região do local da prova, pode mudar da noite para o dia. Chuva, temperatura ambiente, vento… não há uma forma exata de se preparar para isso, infelizmente.

Portanto, não desanime se um azar ou um acontecimento qualquer ocorrer fora dos planos. Cada prova é um aprendizado diferente, dadas às circunstâncias nas quais você passará. Todos nós podemos ter um “Plano A” até a virada de sessão do quali para a corrida.

Estejam atentos, amanhã tem novo capítulo.

Texto e Foto: Felipe Giro

 

x

Check Also

Chapter Three – “Deal With Pressure, Or Let It Eat You (rFactor 2)

  I’ve talked several times with drivers, most specifically with my special friend, Armando Goñes, ...

Chapter Five – “This Is Not the Place For Hotlappers” (rFactor 2)

  Do you know that guy that everytime he enters to a server, asks for ...