Todd Gilliland e Noah Gragson, ambos da Kyle Busch Motorsports, brigavam pela vitória e abriram a ultima volta com uma diferença mínima. Gragson não conseguiu se aproximar o suficiente e deixou o ataque para a ultima curva, mas quando ‘mergulhou’ para fazer a ultrapassagem, Gilliland se defendeu e não deu muito espaço. Os dois se tocaram e acabaram rodando, a vitória ficou com Justin Haley.

Após a corrida, Todd Gilliland, que brigava pela sua primeira vitória, parecia extremamente frustrado com o seu companheiro da KBM. “Eu queria de lutar com ele agora, mas eu não posso”, disse Gilliland sobre o seu companheiro de equipa. “Eu estou extremamente furioso”.

Já Noah Gragson, assumiu a culpa e disse que fez a manobra para tentar vencer a corrida. “Estávamos correndo pela vitória”, disse Gragson. “Peço desculpa ao Todd, à equipa do #4 e a todos da Kyle Busch Motorsports”.

A Camping World Truck Series começou a correr em Canadian Tire Motorsport Park em 2013 e, em seis edições, as últimas voltas foram recheadas de emoções e grande polêmica. Apenas em 2014 e 2015, quando Ryan Blaney e Erik Jones venceram, a prova não terminou com acidentes na ultima volta.

Relembre todos os finais em Canadian Tire Motorsport Park.

Chase Elliott e Ty Dillon (2013):

Ryan Blaney e Germán Quiroga (2014):

Erik Jones e Alex Tagliani (2015):

John Hunter Nemechek e Cole Custer (2016)):

Austin Cindric e Kaz Grala (2017):

Texto: Wellingson De Souza  Foto: NASCAR Media/Getty Images (Tom Szczerbowski)