Na primeira etapa do ‘playoff’, tudo parecia encaminhado para Noah Gragson, que venceu os dois primeiros estágios de maneira avassaladora. No ultimo estágio, perdeu várias posições devidos às diferentes estratégias, mas quem se deu bem foi o seu companheiro na Kyle Busch Motorsports, Todd Gilliland. O jovem de apenas 18 anos, buscava a sua primeira vitória na categoria. Com muita força, Gilliland assumiu a liderança com 11 voltas para o fim, abriu uma boa vantagem e só perderia a corrida com uma bandeira amarela, que veio quando restavam apenas quatro voltas para o final.

“Estávamos no lugar certo e na hora certa”, disse Haley no Victory Lane. “Eu não posso agradecer o suficiente a todos da GMS Racing, foi um dia verdadeiramente abençoado”.

Com a amarela, a corrida recomeçou com apenas duas voltas para o fim. Todd Gilliland e Noah Gragson relargaram na primeira fila, quando o carro de segurança saiu, Gilliland fez um grande reinício e deixou Gragson para trás, sob os ataques de Justin Haley. Favorito desde o começo, Gragson se livrou de Haley e em uma volta grudou no para-choques de Gilliland. Durante a ultima volta, os dois ficaram grudados e tudo indicava que a ultima curva seria o local de todas as decisões. Quando chegou o momento, Gragson mergulhou e acabou acertando em Gilliland. Os dois rodaram poucos metros antes da linha de chegada. Haley, que vinha na terceira posição, assumiu a ponta e garantiu a vitória e a classificação para a próxima fase.

John Hunter Nemechek terminou em segundo, seguido por Brett Moffitt, Timothy Peters e Matt Crafton.

Após a corrida, Gilliland parecia extremamente decepcionado com o seu companheiro de equipa. “Eu nunca deveria ter deixado ele chegar até mim”, comentou Gilliland. “Devia ter-lhe dado a ele a linha interna. Tinha o carro mais rápido e de novo não venci”.

Ben Rhodes largou pole position e dividiu a primeira fila com Noah Gragson. Depois da bandeira verde, os dois travavam uma longa disputa pela liderança. Gragson passou a pressionar e só conseguiu fazer a ultrapassagem na volta 8, Matt Crafton aparecia 3.5s atrás na terceira posição. A briga não acabou, agora era Gragson que precisava segurar a pressão imposta por Rhodes. Mas aos poucos, Gragson foi se livrando de Rhodes, conseguiu segurar a ponta até vencer o primeiro estágio na volta 20.

No segundo estágio, quem começou na frente foi Timothy Peters, que parou na boxe antes do primeiro estágio terminar. Mas Peters não durou muito tempo na liderança, Noah Gragson relargou na quinta posição e logo na primeira volta em verde, voltou a comandar o grid. Na volta 31, Max Tullman parou na curva 5 e a primeira bandeira amarela por acidente foi acionada. A bandeira verde voltou ao ar com 6 voltas para o fim, Gragson saiu bem e deixou Justin Haley para trás. Todd Gilliland aproveitou o momento e ultrapassou Haley pela segunda posição. Com duas voltas do fim do estágio, Gilliland parou no ‘pit lane’ e Gragson ficou isolado, com caminho livre para vencer o segundo estágio.

Noah Gragson

O último estágio recomeçou apenas na volta 49. Jonnhy Sauter liderou o pelotão na relargada, seguido por Grant Enfinger, Cody Goughlin, Todd Gilliland e Ben Rhodes. Já na primeira volta, Austin Wayne Self rodou e o carro de segurança voltou à pista. De regresso à verde com 13 voltas para o fim, Sauter arrancou bem e logo na primeira volta, abriu 0.8s para Enfinger. Em seguida, Gillilland voltou a andar forte e deixou Goughlin e Enfinger para trás. Com 11 voltas para o fim, Gilliland superou Sauter e assumiu a liderança pela primeira vez, atrás, uma intensa briga pelo top 5 entre Enfinger, Rhodes e Noah Gragson.

Com 7 voltas para o fim, Todd Gilliland aparecia 3.3s à frente de Noah Gragson. Johnny Sauter era o terceiro, seguido por Justin Haley e Ben Rhodes. Com 4 voltas para o fim, outra bandeira amarela foi acionada, novamente causada por Austin Wayne Self. A corrida foi para a prorrogação e Todd Gilliland e Noah Gragson arrancaram na primeira fila. Gilliland saiu bem e se livrou de Gragson nas primeiras voltas, mas quando a bandeira branca foi ao ar, Gragson reduziu a diferença e começou a colar na traseira de Gilliland. Na última curva antes da quadriculada, Gragson mergulhou por dentro e acabou acertando Gilliland. os dois rodaram na ultima curva e a vitória ficou com Justin Haley.

Primeiro Estágio – 20 Voltas
Vencedor do Primeiro Estágio: Noah Gragson
2. Ben Rhodes
3. Justin Haley
4. John Hunter Nemechek
5. Matt Crafton

Segundo Estágio – 20 Voltas
Vencedor do Segundo Estágio: Noah Gragson
2. Brett Niffitt
3. Justin Haley
4. John Hunter Nemechek
5. Matt Crafton

Último Estágio – 25 Voltas
Vencedor da Corrida: Justin Haley
2. John Hunter Nemechek
3. Brett Moffitt
4. Timothy Peters
5. Matt Crafton

Tempo de corrida: 2h05m24s
5 bandeiras amarelas (18 voltas em bandeira amarela)
8 mudanças na liderança
6 pilotos lideraram a corrida:  Noah Gragson, Justin Haley, Timothy Peters, Johnny Sauter, Todd Gilliland e Ben Rhodes

Texto: Wellingson De Souza  Fotos: NASCAR Media/Getty Images (Jared C. Tilton, Jeff Zelevansky, Dylan Buell, Tom Szczerbowski)