Ött Tänak (Toyota Yaris WRC)

Ott Tänak está a ter um bom desempenho até ao momento no Copec Rali do Chile, sexta etapa do ano para o FIA WRC. Aos comandos do #10 Toyota Yaris WRC oficial, acompanhado por Martin Järveoja, Tänak concluiu o primeiro dia de prova na liderança, após ter conquistado três especiais, duas delas na secção da tarde. À chegada a Talcahuano, o piloto da Toyota garantia uma vantagem de 22.4 segundos para o seu mais direto rival, Sébastien Ogier.

“A manhã foi muito desafiante nestas especiais, que se percorreram pela primeira vez, mas a tarde correu-nos muito bem”, disse Ott Tänak. “Os engenheiros fizeram um bom trabalho no carro durante a hora de almoço, conseguindo afinar ao detalhe o Yaris, o que me deu um bom ‘feeling’ e de novo a confiança de que necessitava. As estradas daqui são muito exigentes, mas agradáveis de guiar assim que as conhecemos melhor. À tarde, as notas já eram melhores para o nosso ritmo e pude-me divertir. As especiais de amanhã parecem ser mais rápidas, o que costuma favorecer o nosso carro.”

O Campeão em título, Sébastien Ogier concluiu o primeiro dia de prova na segunda posição. Aos comandos do Citroën C3 WRC, o francês acompanhado de Julien Ingrassia, cometeu um ligeiro erro na primeira especial, tal como o havia feito Ott Tänak, conseguindo ainda assim com relativa facilidade garantir atualmente a segunda posição, com pouco mais de seis segundos de margem para o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota). Ainda que não esteja a conseguir incomodar o líder da prova, Ogier tem sentido melhorias no seu carro, comparativamente ao Rali da Argentina.

Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC)

Jari-Matti Latvala teve um dia de altos e baixos. Começou bem, dividindo a vitória na primeira especial com o companheiro de equipa Kris Meeke, mas depois cometeu uma série de erros aos comandos do Toyota Yaris WRC, talvez o mais grave deles na última especial, quando deixou ir abaixo o motor do seu carro, perdendo preciosos segundos.

Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC)

Na quarta posição, a 46.5 segundos de Ott Tänak, segue o líder provisório do campeonato, o belga Thierry Neuville. Aos comandos do Hyundai i20, Neuville está a apenas 0.7 segundos do terceiro lugar e poderia estar melhor na classificação, não fossem alguns contratempos como a bandeira vermelha de segurança que lhe foi mostrada de manhã, quando estava ao ataque na segunda especial. Na 5ª posição, a 17 segundos do belga, segue Kris Meeke (Toyota). O britânico vai para já gerindo uma vantagem de 2.2 segundos para Sébastien Loëb no Hyundai i20 oficial.

Elfyn Evans é, para já, o melhor dos pilotos da M-Sport, ocupando a sétima posição no Ford Fiesta WRC, com uma confortável vantagem de 1m06.7s para o Hyundai de Andreas Mikkelsen, que não tem estado confiante nas estradas chilenas aos comandos do i20, quase capotando na última especial. Teemu Suninen (Ford) e Esapekka Lappi (Citroën) fecham os dez primeiros.

Texto: ©Jorge Cabrita
Fotos: Oficiais (©M-Sport, ©Toyota Gazoo Racing, ©Hyundai Motorsport), ©Red Bull Content Pool