Yann Ehrlacher

Para Yann Ehrlacher, não existe qualquer problema caso venha a perder no confronto com os ‘ases’ do volante virtual do Esports WTCR Oscaro, competição que arranca no simulador RaceRoom no final deste mês. O piloto da ALL-INKL.COM Münnich Motorsport confessou que irá participar em alguns dos eventos desta competição online.

Questionado sobre se essa participação não colocava em cheque a sua reputação, o francês de 22 anos, que é sobrinho de Yvan Muller, foi rápido na resposta. “Não afeto a minha reputação de piloto de automobilismo se perder no confronto com um piloto virtual profissional. Os pilotos de simuladores estão bem mais à vontade que eu a competir num computador, pelo que só tenho a aprender com eles”. E Ehrlacher concluiu de forma natural dizendo, “tenho a certeza que num carro de corridas a sério, em 10 voltas consecutivas, eles não serão mais rápidos que eu. São estradas paralelas (virtual e real) mas ainda com alguma distância entre elas”.

Sobre as corridas virtuais do campeonato, Ehrlacher referiu também esperar que o seu companheiro de equipa, Esteban Guerrieri, participe com regularidade no Esports WTCR Oscaro, já que muitas vezes competiram juntos o ano passado no Esports WTCC.

“Nós fomos os dois pilotos do WTCC que mais nos envolvemos no campeonato Esports”, disse Ehrlacher. “Batalhámos de forma intensa e este ano somos companheiros de equipa no WTCR, pelo que vamos envolver-nos ainda mais nas lutas”.

Texto: Jorge Cabrita  Fotos: WTCR/DPPI, RaceRoom