Você está aqui
Home > Apresentação > Lamborghini Urus: Primeiro Super SUV do Mundo

Lamborghini Urus: Primeiro Super SUV do Mundo

 

A Lamborghini já revelou a sua nova aposta, que abre um precedente entre o segmento SUV – o Urus é o primeiro Super SUV do mundo.

Finalmente a marca de San’Agata Bolognese dá a conhecer a sua mais recente proposta. O Urus é o primeiro Super Sport Utility Vehicle do mundo, abrindo um novo precedente, entenda-se, mercado.

Com um motor 4.0 V8 twin-turbo de 650 cv, o Urus propõe-se para um público muito especial, desde logo pela carteira, que terá que ser vasta. Super performance é aquilo que entrega ao condutor que não abdica de prestações radicais, mesmo aos comandos de um Sport Utility Vehicle, neste caso, Super. Do motor 4.0 V8, obtém-se um binário de 850 Nm (controlado eletronicamente), desde as 2.750 rpm. O regime máximo de rotações é de 6.800. Esta autêntica ‘arma de arremesso’ chega dos 0 aos 100 km/h em 3.6 segundos e dos 0 aos 200 km/h em 12,8s. Atinge uma velocidade máxima de 305 km/h. Conta com potência específica de 162.7 cv/l e uma relação peso-potência de 3.38 kg/cv.

Interior Sublime

A essência Lamboghini está presente em cada traço do novo Urus. A junção do semblante desportivo numa máscara de volume SUV resulta na perfeição e decerto abrirá novos caminhos para que o universo das marcas os explore à exaustão. Para já, a Lamborghini leva a vantagem de conceber o conceito e esta é uma ideia de perfeição. São óbvias as semelhanças no estilo, com a restante gama atual da marca italiana (do Grupo VW), embora no volume as diferenças sejam gritantes.

A frente do Urus é arrebatadora, num sinal de enorme capacidade atlética, mas ainda assim com uma silhueta verdadeiramente encantadora, tamanha é a elegância. Além disso, o Urus não esconde, nem nada que se pareça, o seu propósito coupé, que agradará sobremaneira a quatro sortudos passageiros, condutor incluído. O espaço interior não abunda, mas é de um requinte malvado, tanto é o luxo e classe que proporciona. É também tanto ou mais desportivo que a imagem exterior, com bancos largos ao estilo poltrona. Para condutor e passageiro da frente, disponibiliza um painel ultra-desportivo e radical, também este muito ao estilo dos outros ‘irmãos’ da gama atual Lamborghini.

Lambo_Urus_2
Lambo_Urus_7
Lambo_Urus_3
Lambo_Urus_9
Lambo_Urus_14

Eficiência em Estrada e Muita, Muita Potência

O motor, de 4.0 litros, enquadra-se na filosofia da marca, que aliás é generalizada atualmente entre os construtores, no sentido de proporcionar mais potência a partir de blocos mais compactos. Para o Urus, a Lamborghini aposta em manter um baixo centro de gravidade e por isso o motor está montado um pouco abaixo do que seria de esperar num SUV. Conta com dois turbocompressores que permitem um torque constante e uma entrega de potência bastante progressiva, mesmo em baixos regimes.

Para ajudar a um desempenho que se prevê brilhante, tal como o prazer de condução, o Urus faz uso de uma caixa de oito velocidades automática. A ideia é assegurar passagens de caixa curtas, que vão sendo progressivas na sequência para as mudanças mais altas.

Junta-se a tudo isto a vectorização do binário às quatro rodas, assim como vários modos de condução, dependendo da estrada e vontade do condutor e temos todos os argumentos para que este venha a ser outro ícone da marca.  Entre os vários modos de condução disponíveis, realce para os Sport e Corsa, em que a vectorização do binário realça a agilidade e a tração traseira (essencialmente com a distribuição do torque a 40/60. Estão ainda disponíveis os modos Sabbia (areia), Terra (off-road) e Strada, para condução no dia-a-dia, seja lá isso o que for.

Tem previsão de chegada ao mercado em 2018.

Fotos: Lamborghini

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top