Pelo 5º ano consecutivo, a Mazda está no topo da lista da EPA, no que diz respeito aos veículos mais económicos. O construtor de Hiroshima voltou a bater todos os seus concorrentes, sendo considerado aquele que conta com a gama mais económica de modelos, em termos de consumo de combustível, atualmente a circular nos Estados Unidos.

Os dados estão descritos no relatório anual, “Light Duty Fuel Economy Trends”, publicado a semana passada naquele país, pela Agência de Proteção Ambiental (EPA). A média de consumo ajustado obtida pelos automóveis da Mazda em 2017 foi de 7,9 l/100km, em ciclo combinado, o que representou uma melhoria de 0,4 mpg, comparativamente com o ano anterior. Também com o registo de 187 g/km, a Mazda alcançou os níveis médios mais baixos de emissões de CO², entre todos os construtores analisados. Em média, os automóveis do mercado americano consumiram 9,5 l/100km, com emissões de CO² de 223 g/km.

Para estes resultados, tem contribuído de forma determinante, a tecnologia SKYACTIV que abrange motores, transmissões, chassis e carroçarias e que está presente em toda a gama de modelos da Mazda.

Foto: Mazda