Partindo fora do top 10 na largada, Justin Allgaier não encontrou dificuldades para entrar na briga pelas cinco primeiras posições. Com a amarela, conseguiu reduzir a diferença para os primeiros e nos recomeços de prova chegou à segunda posição.

No roteiro, parecia que a vitória no primeiro estágio ficaria com Austin Cindric, que largou na pole e dominava a prova até ter dificuldade para ultrapassar os retardatários. Justin Allgaier se aproveitou e restando duas voltas para o fim do estágio, ultrapassou Cindric e ficou com a vitória.

No segundo estágio, Justin Allgaier passou a dominar a corrida com facilidade, mas aos poucos Christopher Bell vencia as batalhas com Austin Cindric, Daniel Hemric e Cole Custer, para chegar a segunda posição. Justin Allgaier conseguiu vencer o segundo estágio, com a companhia ingrata de Christopher Bell, que passou a não lhe dar espaço, em um dos duelos mais intensos e longínquos da temporada.

Após a longa batalha, Justin Allgaier conseguiu segurar Christopher Bell para ficar com a vitória, liderando com o seu Chevrolet #7 da Jr Motorsports, 182 das 250 voltas disputadas.

“Tivemos um ótimo carro hoje, na equipa fizeram um trabalho fantástico, não tem como agradecer o suficiente à Jr Motorsports”, disse Allgaier, que conquistou a sua sétima vitória na carreira no dia dos pais. “Ganhar no dia dos pais com a minha filha aqui é muito bom”.

Apesar do numero excessivo de voltas lideradas por Justin Allgaier, poderia ter sido de Christopher Bell a vencer nessa batalha, já que foi batido apenas duas voltas. Bell perseguiu e lutou pela vitória até ao fim, terminando na segunda posição.

Christopher Bell

“Eu só precisava estar à frente dele”, comentou Bell, que largou no fim do grid após o carro não passar na inspeção. “O nosso carro foi muito bom, eu não tinha o suficiente para o passar e ele podia andar por fora (linha externa) e manter-me preso na linha interna. Mas nós tivemos um carro muito bom, infelizmente não foi o suficiente para vencer”.

Daniel Hemric, Cole Custer e Brandon Jones foram os cinco primeiros no final da corrida. Destaque para Riley Herbst, que fez a sua primeira corrida na categoria e conseguiu terminar na sexta posição, aos comandos do #18 da Joe Gibbs Racing. Austin Cindric que liderou 58 voltas, terminou apenas na 11º posição.

Texto: Wellingson De Souza  Fotos: NASCAR Media/Getty Images (Jerry Markland, Robert Laberge, Matt Sullivan)