O novo Citroën C3, lançado pelo construtor francês em novembro de 2016, acaba de atingir a marca de 200.000 unidades vendidas, 5.000 das quais em Portugal. Este é, atualmente, o modelo mais vendido do construtor francês, traduzindo um aumento de 64% nas encomendas na Europa, ao fim dos primeiros nove meses deste ano.

Essencialmente, analisando o histórico de vendas do modelo que cada vez mais se afirma um verdadeiro ‘best seller’ da Citroën, concluímos que as opções assentes na personalização e tecnologia têm levado vantagem. De acordo com os dados do construtor, 45% das encomendas correspondem à versão Shine (topo de gama), embora em Portugal o ‘rei’ das vendas seja o nível de equipamento Feel, com 80% relativamente ao Shine (20%). Na Europa, 60% das vendas incluem a opção bi-tom (50% em Portugal), mais de 55% incluem Airbump (85% em Portugal) e mais de 30% têm um ambiente interior numa cor opcional (+ de 40% em Portugal).

Outros dados que consolidam a imagem de sucesso e boa recetividade do novo C3 são, um plebiscito no portal Citroën Advisor, em que este Citroën regista uma pontuação média de 4.7 em 5 estrelas (média em 7 países europeus) – 4.8 em 5 estrelas em Portugal. Outro dado adicional são os 30 prémios que o novo Citroën C3 já recebeu em toda a Europa, onde se incluem o “BBC Top Gear Best Cars” (categoria melhor citadino), “Carro do Ano” na Grécia, “Red Dot design Award” atribuído por um júri internacional e “Auto Europa 2018” atribuído em Itália.

Fotos: Citroën