Peugeot 308: Mais Tecnologia e Segurança

0

 

A nova geração do Peugeot 308 apresenta-se bastante interessante, incorporando tecnologia de ponta numa ‘montra’ de equipamento que incrementa a segurança ativa e passiva dos seus utilizadores.

É extensa a lista de dispositivos de ajuda à condução deste novo utilitário de segmento médio da casa de Sochaux. Em termos de ajudas dinâmicas, o novo 308 incorpora a função Distance Alert (alerta de risco de colisão). Este sistema, que estará presente no futuro em todos os modelos automóveis, deteta os automóveis que estejam parados nas estradas em que circulamos, assim como todos os que circulam no nosso sentido e também para a presença de peões na estrada. Sempre que existe risco de colisão, este sistema alerta o condutor. É complementado pelo Active Safety Brake (travão automático de urgência), que responde sempre que o condutor não seja suficientemente rápidos no uso dos travões, para evitar colisões.

Mas há mais equipamento para o 308. Incorpora uma camera no topo do para-brisas que reconhece a sinalização da estrada (traços contínuos, descontínuos, etc.), emitindo um sinal sonoro sempre que deteta que as transpomos de forma involuntária e a velocidades superiores a 80 km/h. Existe ainda o alerta de tempo de condução que atua sempre que excedermos as duas horas seguidas ao volante. E há mais, com a inclusão do sistema de reconhecimento de sinais de limite de velocidade. Um sensor deteta estes sinais e exibe-os no painel de instrumentos, para que o condutor se possa aperceber rapidamente. Quando circula em estradas, ou autoestradas, através do acionamento do botão que ativa a função “MEM”, o condutor programa o 308 para nunca exceder a velocidade máxima permitida.

Para estacionar, o 308 inclui o Park Assist e a camera Visiopark de 180º. Com estes dois equipamentos, reduz-se a zero as dificuldades de estacionamento que tantos utilizadores não conseguem por vezes esconder. Trabalha em sintonia com os sensores de estacionamento, facilitando e muito a vida ao condutor já que o carro basicamente estaciona sozinho. O condutor só tem que acelerar e travar e usar a caixa para as mudanças necessárias, com as manobras a ficarem ao cuidado do Park Assist. Sempre que quiser, pode em qualquer momento desativar o sistema.

Fotos: Peugeot